Crise dos 30! O que fazer para recomeçar?

Crise dos 30! O que fazer para recomeçar?

Crise dos 30! O que fazer para recomeçar?

“O que eu estou fazendo aqui?”, “Qual é o sentido da minha vida?”, “No que eu realmente sou bom?”, “Será que eu estou desperdiçando meu tempo?”. Se você, em algum momento, se fez alguma dessas perguntas, você, meu amigo, está na crise dos 30 anos.

Mas calma, isso não é algo ruim. Muito pelo contrário, é uma fase natural da vida, que não necessariamente acontece aos 30 anos, pode vir um pouco antes ou depois. De maneira geral, é esperado que adultos passem por um momento de crise. Isso faz parte do nosso movimento natural de evolução psicológica.

Você, certamente, deve estar se perguntando como pode uma crise ser algo bom. Vamos começar pelo próprio termo: a palavra crise tem origem do latim e significa momento de decisão. Sim, a crise é um momento de questionamentos e de se tomar novas decisões sobre a sua vida. Mas o que isso significa?

A crise dos 30 significa que você atingiu a maturidade em duas partes importantes da sua vida: a material e a emocional. É como se fosse uma conquista. Você percebe que, de alguma forma, consegue suprir suas necessidades mais básicas de sobrevivência.

Quando falamos em necessidades materiais, quer dizer que você conquistou autonomia na vida profissional e financeira e consegue se manter. Não significa que todos os seus problemas estão resolvidos. Você pode ter dívidas, o trabalho pode estar difícil, mas você sente que consegue, que tem capacidade, de se manter fisicamente. É algo que está muito ligado com a sua capacidade profissional, com as suas competências e os seus recursos.

O mesmo acontece na vida emocional. Você provavelmente já passou por diversos relacionamentos, pode estar casado ou não, com filhos ou não, mas independente disso, você tem segurança, estrutura emocional, que lhe dá tranquilidade para encarar os desafios da vida. Você sente que dá conta.

Agora perceba que essa régua de capacidade é relativa e pessoal. Para algumas pessoas é mais alta para outras é mais baixa, mas todos temos um nível de necessidades básicas para suprir, e feito isso abrimos novas possibilidades e desafios nas nossas vidas.

Então é por estar com suas maiores necessidades encaminhadas, capaz de lidar com os diferentes desafios, que você abre espaço para novas necessidades. Afinal, você está bem encaminhado profissionalmente e emocionalmente, o que vem agora? É isso que a crise dos 30 representa: um momento na sua vida em que você abre espaço para a necessidade de realização pessoal.

É quando você começa a buscar nossas atividades para a sua vida, algo que tenha sentido. A fase de crise é o momento em que você percebe que quer dar um significado maior para a sua vida. É como se sua vida fosse um jogo de videogame e você estivesse entrando em um nova fase. Você venceu os desafios da fase anterior e agora, com mais recursos e experiência,  está indo em busca de novos.

Mudança interna

Você entende que uma nova fase está começando, mas não sabe que desafios são esses e nem como enfrentá-los. Você sente um incômodo, uma angústia existencial. É normal  um sentimento de que falta algo em nós, sem sabermos o que é esse algo.

E só existe uma coisa que vai satisfazer e preencher essa falta existencial que sentimos nessa crise. Você precisa ativar e desenvolver a sua bússola interna. Para viver essa nova fase, você vai  precisar de uma importante ferramenta que é o seu propósito de vida, ou seja, qual o sentido que você vai dar para a sua vida a partir de agora. É aqui que a sua crise se revela, o seu momento de decisão surge:: ou você vai, de fato, buscar suprir essa necessidade de realização pessoal e abraça isso, olhando para dentro; ou você vai para um outro lado que é quando você pára de evoluir na vida, fica estagnado em uma vida menor, sem um sentimento de realização.

Se a sua escolha é a opção um, que bom! Mas é importante lembrar que essa é uma mudança interna. E é por isso que, às vezes, é difícil lidar com essa crise dos 30, porque normalmente somos ensinados na escola e em casa a buscar as soluções fora, seja no trabalho ou na vida amorosa,mas a crise dos 30 é uma crise interna, invisível. É uma crise de autoconhecimento. E normalmente nos faltam as ferramentas para percebermos que a mudança acontece dentro de nós. É ali que você tem que olhar, questionar, buscar um novo sentido.

Nova fase

Por isso, se você quer passar pela crise dos 30 e entrar na melhor fase da sua vida, a fase da realização pessoal, você precisa trabalhar o seu propósito de vida. É ele que lhe dá condições de criar a vida que para você vale a pena ser vivida.

A partir do momento que você abraça esse sentido, começa a criar ações para manifestá-lo. A, por exemplo, buscar um trabalho que traga mais esse senso de realização, a se relacionar com pessoas que lhe nutrem de forma positiva. Ao viver essa nova fase da vida você, entra em um ciclo de realização pessoal,  uma espiral positiva de evolução. Ou seja, trabalhar seu propósito de vida é a saída para que você encontre a sua direção e comece a melhor fase da sua vida, onde realização, prazer e sentido se encontram.

[Crédito da Foto: Brooke Cagle]



Posts mais vistos


  • BAIXE NOSSO E-BOOK

shares